5 insights sobre abandono de carrinho on-line

5 insights sobre abandono de carrinho on-line

1920 1080 Leonardo Pereira

Se você tem um e-commerce e avalia o comportamento do usuário no seu site, com certeza já deve ter se deparado com a taxa que indica o abandono de carrinho pelos usuários. Por meio de um case de sucesso, tivemos insights que podem ajudar você. Bora descobrir?

Abandono de carrinho on-line

Temos um case de sucesso, que já contamos aqui no blog da Prod, em que conseguimos aumentar 105% do faturamento de um e-commerce, em 5 meses, implementando uma estratégia de marketing digital para e-commerce. Uma das ações que fizemos foi entender o motivo pelo qual os usuários estavam abandonando o carrinho.

O abandono de carrinho é bem simples: o usuário enche o carrinho de produtos, porém, na hora de finalizar a compra, ele abandona o processo. Aí você me pergunta “mas por que ele abandona o carrinho?” e a resposta é o tesouro do texto: por inúmeros motivos que podem se tornar brilhantes insights. Vou contar para você a seguir.

Por que acontece o abandono de carrinho de compras?

No case de sucesso que eu disse ali no segundo parágrafo, fizemos um estudo do comportamento do usuário no site. Depois aliamos esses dados ao nosso conhecimento técnico em e-commerce. Após muitos testes, chegamos a alguns motivos pelos o carrinho de compras online é abandonado:

  • Problemas tanto de usabilidade quanto técnicos (página fora do ar, erro de sistema…);
  • Há um valor mínimo de compra para a entrega;
  • Não atende a região do consumidor;
  • O valor do frete é maior do que a expectativa;
  • Forma de pagamento limitada.

5 insights sobre abandono de carrinho on-line

Bom, aqui estão as nossas experiências pessoais ao lidar com e-commerces de diferentes segmentos, tanto B2C quanto B2B. De certa forma, vender na internet é sempre desafiador, mas, claro, insights podem nos ajudar a entender qual caminho seguir.

Primeiro e muito importante: o seu site apresenta algum tipo de falha? Páginas erradas ou inexistentes, baixa usabilidade, lentidão no carregamento das páginas ou qualquer outro problema do tipo? Se esse for seu caso, faça uma revisão urgente. Se você não sabe, fique atento ao volume que a página “error 404” tem no seu Analytics, por exemplo.

Como você tem um banco de dados do usuário que desistiu do carrinho, faça um retargeting, por meio de mídias de performance (Ads) em diferentes plataformas: Facebook, Instagram, LinkedIn, Google, Gmail… Enfim, seja ousado e atraia ele de volta para finalizar a compra!

Com um tom amigável, forneça para o usuário, via email, por exemplo, um botão para que, em apenas um clique, o usuário seja redirecionado para a página do carrinho novamente e possa finalizar a compra.

Deixe todas as informações bem claras. Todas mesmo: preço do produto, frete, região de entrega, valor mínimo de entrega, formas de pagamento… Enfim, tudo para que o usuário esteja munido o suficiente para tocar a compra somente se estiver dentro de suas possibilidades.

Por último, conheça bem o seu público utilizando os dados que você tem à disposição: formas de pagamento que mais utilizam, se precisam de conteúdos relevantes para se nutrir de informações ou se já aproveitaram alguma outra promoção.

Ahh, fique atento a outros indicadores de e-commerce como: número de visitantes, número de vendas, taxa de conversão, custo de aquisição de cliente e ticket médio. Bom, acho que deu pra sacar a importância de se ligar no comportamento do usuário no seu e-commerce, né? Lembrando que se precisar daquela mãozinha, é só clicar no botão aqui embaixo.

Compartilhe nas redes sociais