anúncio

Anúncios no WhatsApp

Oportunidades com anúncios no WhatsApp Ads

1920 1080 Leonardo Pereira

O WhatsApp apresentou, em fevereiro deste ano, o WhatsApp Business. Na época, várias especulações surgiram sobre a possibilidade da inserção de ads na plataforma. Mas nada mais foi dito… Até então. No dia 31 de outubro, Chris Daniels, vice-presidente do WhatsApp, em entrevista à publicação indiana IANS, confirmou que o maior aplicativo de envio de mensagens no Brasil passará a exibir anúncios nos Status em 2019. Estamos entrando na era do WhatsApp Ads.

Na sua fundação, a plataforma dizia que não tinha intenções de monetizar o aplicativo. Porém, desde que o Facebook comprou o WhatsApp, os novos proprietários assumiram a intenção de inserir ads.

Vamos colocar anúncios em ‘Status’. Esse será o principal modo de monetização da empresa, bem como uma oportunidade para as empresas alcançarem pessoas no WhatsApp”, disse Daniels na entrevista.

Para acalmar os ânimos (e as polêmicas) o Facebook se pronunciou e garantiu que a criptografia de ponta-a-ponta continuará existindo. Além disso, os códigos de segurança não sofrerão mudanças, garantindo o total sigilo na troca de mensagens.

A novidade ainda não tem data para começar a acontecer. Mas, elaboramos algumas dicas sobre o WhatsApp Ads te preparando para a chegada dessa nova forma de venda direta com o seu cliente. Vamos lá?

Conheça seu público

Isso é essencial, não importa com qual ads você trabalha. Aproveite que o recurso ainda não está disponível para saber mais sobre como seu público se comporta no WhatsApp. Conheça seus gostos, o motivo dele usar o WhatsApp e a frequência com que isso acontece. Assim, quanto mais você conhecê-lo, mais fácil será para alcançá-lo.

Use o WhatsApp Business

Os anúncios só estarão disponíveis para os usuários do WhatsApp Business. Então, se você ainda não tem ou não conhece, é uma boa hora para estudar mais. Descubra como funciona a ferramenta, para quê ela serve, quais são seus limites e suas regras de uso. Quanto mais conhecimento, melhor.

Movimente a plataforma

Se você já usa o WhatsApp Business, comece a movimentá-lo! Divulgue seu número, converse com seus clientes através dele, descubra novas formas de alcançar seu público, defina estratégias e metas… Enfim, movimente sua conta para que, quando o novo recurso chegar, você esteja por dentro da plataforma.

Leia as políticas de privacidade

Estude as políticas de privacidade do WhatsApp. Afinal, cair em spam ou ter a conta excluída pode denegrir a imagem da sua empresa. Enviar muita informação ou demorar para responder seus clientes podem fazer você ter mais perdas do que ganhos. Então, prepare-se para o fluxo de informação a partir dos contatos que vêm do Business, pautando-se nas políticas de privacidade.

Conheça as novidades

Se você já se prepara antes mesmo da novidade chegar, tem mais chances de sair na frente dos seus concorrentes. O amanhã só vem para quem se prepara, então fique por dentro das novidades do Facebook, Instagram e WhatsApp. Estude uma maneira de fazer uma comunicação integrada a partir das três plataformas.

Ainda não há como prever o que teremos de opções no WhatsApp Ads e, muito menos, se poderemos ter um marketing mais direto. O que sabemos é que hoje há 1,5 bilhão de pessoas ativas na plataforma pelo mundo. Um prato cheio pra quem busca oportunidades de conversar com seu público. É possível que surjam muitas oportunidades a partir da novidade dos ads. Então, se você precisar de uma mãozinha para lidar com esses assuntos, nos chame para bater um papo! 😉

É comprovado pelo Google que 86% dos usuários pesquisam pelo celular antes de comprar um produto ou serviço.

Adwords: saiba como anunciar no Google

1920 1080 Marcela Lisbôa

Pesquisar no Google já virou até verbo: Googlar. Afinal, o buscador é referência número um em pesquisas para os usuários. Isso porque nós paramos tudo o que estamos fazendo para obter uma informação. Ainda mais quando estamos com um smartphone na mão e temos a ajuda do Google, seja para saber, fazer ou comprar algo ou ir a algum lugar. Aliás, é comprovado pelo Google que 86% dos usuários pesquisam pelo celular antes de comprar um produto ou serviço. O impacto das buscas é enorme para os negócios, pois torna possível fazer com que uma empresa, marca ou produto seja um resultado relevante de uma pesquisa. Para isso, contamos com o Google Adwords, a principal plataforma online de anúncios.

Mas, como ele funciona?

O Adwords permite que as empresas anunciem de diferentes maneiras dentro do Google: em forma de pesquisas, rede display, anúncios de vídeo e até na aba “Shopping” do Google. Além disso, a plataforma oferece ao anunciante o controle total de suas campanhas de anúncio e também realiza a mensuração dos resultados com relatórios completos. E o melhor de tudo é que a campanha pode ser totalmente segmentada.

A segmentação acontece pelas preferências do usuário, histórico de pesquisas, dados e palavras-chave que são definidas como foco da campanha e buscadas pelo público. Assim, o anunciante garante que atingirá as pessoas certas.

Outro fator muito relevante no sucesso do Adwords para as empresas é a sua forma de cobrança. Os anunciantes pagam a plataforma pelo CPC, ou seja, pelo Custo por Clique. Então, isso significa que as empresas pagam por resultados e têm a certeza de o que o investimento obteve retorno.

Como criar uma campanha em Adwords

Quando você começa a criação da campanha, precisa definir as palavras-chave que orientarão o seu anúncio. Além disso, elas também farão a precificação da sua campanha, pois uma palavra mais disputada acaba sendo mais cara. Mas, se a palavra está disputada, isso significa que tenho concorrentes? Sim!

Desta forma, o Google Adwords funciona com um leilão de palavras-chave, onde cada anunciante interessado em uma mesma palavra faz um lance com o valor que pode pagar por ela. Porém, não é simplesmente o valor mais alto que ganha o melhor ranqueamento.

Além do leilão, o Adwords também considera a qualidade dos anúncios que compreende, principalmente, o CTR, a relevância do anúncio e a experiência da página de destino. Assim, a posição média de um anúncio é definida pelo CPC x o índice de qualidade.

A estrutura do anúncio

Os anúncios do Google possuem uma estrutura. Portanto, é necessário conhecê-lo bem para criar um ads que seja efetivo. No criativo do anúncio, é definido:

  • Título 1: É o texto de maior destaque do anúncio. Ele pode ter, no máximo, 30 caracteres.
  • Título 2: Complementa o 1 e é separado dele apenas com um hífen. Ele também conta com até 30 caracteres.
  • Descrição: Ela conta com até 80 caracteres.
  • Caminho: Aqui, utiliza-se uma URL curta e mais amigável.
  • URL final: Essa será a URL verdadeira do seu anúncio, ou seja, para onde o usuário será encaminhado.

Nós costumamos trabalhar constantemente com anúncios search e rede display, conforme as necessidades dos nossos clientes. Para isso, fazemos um bom planejamento estratégico, definimos as palavras-chave e acompanhamos de perto o desempenho da campanha a fim de extrair os melhores resultados em cada anúncio. Assim, estamos certificados pelo Google Partner para entregar ads realmente eficazes.

Conhecer o funcionamento do Adwords é essencial para ter certeza de que os anúncios serão bem aplicados à sua marca. Se você não possuir o domínio da plataforma, procure ajuda profissional. Afinal, um bom anúncio pode alavancar suas vendas, mas um anúncio péssimo pode prejudicar a sua marca de inúmeras maneiras.

O mais importante é não ficar de fora dos anúncios do Google e garantir as melhores posições nas pesquisas dos usuários. Assim, a sua marca conquistará vantagem no mercado, terá mais chances de atrair consumidores qualificados e será uma das primeiras, se não a primeira, opção do seu público na hora de encontrar uma resposta.