objetivos

Se você busca expandir sua empresa, melhorar seus lucros e ter clientes fiéis que promovam sua marca, temos uma dica de ouro para você: utilize o OKR. Ele é muito mais do que uma metodologia, é um jeito eficaz para sua empresa crescer.

OKR: o que é e como aplicar

1920 1080 Hugo Análio

Se você busca expandir sua empresa, melhorar seus lucros e ter clientes fiéis que promovam sua marca, temos uma dica de ouro para você: utilize o OKR. Ele é muito mais do que uma metodologia, é um jeito eficaz para sua empresa crescer.

Já falamos aqui no blog sobre a importância do Customer Success como norteador de ações para todas as equipes. Não leu? Clique aqui e confira! Nele chegamos a citar o OKR (Objectives + Key results) e agora é hora de mergulhar no tema.

Mas afinal, o que é OKR?

O OKR (Objetives Keys Results) é uma metodologia de gestão de objetivos para criar alinhamento e engajamento de metas entre todos na empresa. O termo, criado pela Intel nos anos 70, hoje é adotado por grandes empresas como o Google e ajuda os funcionários da companhia a caminharem em uma direção única, por meio de uma estratégia clara.

Os OKR’s podem ser anuais, trimestrais ou até bimestrais, dependendo do objetivo que sua empresa deseja alcançar.

Vamos a um exemplo?

Situação: Em 2015, a empresa de tecnologia X desenvolveu um software que ajudava as pessoas a escrever textos apenas com comandos de voz. Foi um sucesso! Com isso, o faturamento da empresa cresceu 30% e foi necessário dobrar o número de funcionários. Porém, com a novidade no mercado, outras empresas de tecnologia investiram no mesmo segmento, o que gerou uma grande oferta do produto no mercado e, consequentemente, o produto ficou mais barato e as vendas estagnaram.

Desse exemplo podemos tirar vários problemas, mas vamos trabalhar apenas um:

Como a empresa cresceu, as despesas aumentaram. Logo, precisava vender mais.

Com isso, a empresa X tem um Objetivo (O):

Reduzir o orçamento em 20%, comparado ao ano anterior.

Baseado nesse objetivo, podemos definir os seguintes resultados chaves (KR’s):

KR 1: A cada 100 prospecções, converter pelo menos 3 vendas;
KR2: Aumentar o faturamento relacionado a vendas recorrentes em 15% ao ano;
KR3: Diminuir os custos anuais da empresa em 13%.

Bom, agora que temos o objetivo medido por resultados chaves, é hora de definir como cada colaborador pode contribuir para atingir os objetivos.

Com isso, cada integrante da equipe pode ter dois objetivos individuais:

1 – Indicar mensalmente 1 potencial cliente;
2 – A equipe comercial tem que captar pelo menos um novo cliente ao mês.

Importante: semanalmente todas as equipes devem fazer o Check Point Semanal que é uma reunião para acompanhar como estão os OKR´s. Isso ajuda a ver se todos estão no mesmo caminho, o que cada um pode mudar para melhorar os resultados e, consequentemente, alcançar os objetivos.

Se você preferir, pode usar a fórmula desenvolvida por Jonh Doerr, para elaborar seu OKR: Eu vou (Objetivo) ___ medido por (conjunto de Key Results) __.

Enfim, o OKR não é uma meta ou uma forma de controle das pessoas, fazendo-as trabalhar sobre pressão. Pelo contrário, é uma maneira para integrar os funcionários em busca de um objetivo maior, que beneficie a todos e faça a empresa crescer para um caminho cheio de oportunidades e conquistas.

Gostou? Então compartilha com seus amigos! Quer saber mais? Estamos preparando outras dicas sobre o assunto que serão importantes para você e sua empresa. Se quiser, conta para a gente como está sendo a experiência do OKR na sua empresa. É isso, até a próxima. 🙂